quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Prioridades ou má gestão?

Há pouco ouvi uma notícia que dizia que agora (?) os portugueses têm que apertar o cinto e que se tem notado que agora tomam menos vezes o pequeno almoço fora de casa.

Pois, para mim, estranho é tomarem todos os dias o pequeno almoço fora de casa. Já não falo só pela questão monetária, mas a verdade é que sempre foi "obrigatório" para mim sair de casa com o pequeno almoço tomado. Só muito, mas mesmo muito raramente é que já estou atrasada e tenho que comer fora de casa. E, mesmo assim, se estou atrasada e ainda vou ao café, acaba por ser igual em termos de tempo.

Mas voltando à questão monetária, e no meu caso particular, ouço muitas vezes as pessoas dizerem-me na consulta que agora está muito difícil, que ganham pouco...e noto que muitas vezes só querem marcar consulta no início do mês!
E o mais engraçado é que, grande parte dessas pessoas que se queixam, vão diariamente tomar o pequeno almoço e lanchar no café, mesmo depois de eu desaconselhar pela dieta em si.

Não é muito difícil fazer estas contas...se cada lanche rondar os 2 euros e se o fizerem, no mínimo, duas vezes por dia, dará quase 100 euros por mês.

Não entendo, pronto!

13 comentários:

hoje vou casar assim disse...

Eu também não entendo, sobretudo essa ideia de gastar o dinheiro à vontade até ele acabar, e depois deixar de fazer as coisas quando se aproxima o final do mês.

M. disse...

Ora nem mais! É isso e outras coisas que fazem com que o dinheiro não chegue! Nunca tive esse hábito e acho que nem me sentiria bem a sair de casa sem pequeno-almoço tomado. Mas enfim...
Bjsss,
Madalena

boneca de porcelana disse...

Concordo em tudo o que disseste. Não compreendo como se consegue tomar o pequeno-almoço todos os dias fora de casa. Mas cada um governa-se como quer...e pode.

VeraB disse...

Olha, é mais fácil as pessoas quixarem-se da crise, queixarem-se do Governo, do que olharem realmente para a má gestão que fazem. Bom, cada um tem as suas prioridades mas para mim, tomar o pequeno almoço na rua, todos os dias só o faz ou deve fazer quem pode, embora eu não dispense o meu pequeno almoço no sossego do meu lar;)por nada deste mundo. É com cada notícia, coitadinhos, deixaram de poder tomar o pequeno almoço na rua!! E aqueles que podem vir a deixar de ter leite em casa??? Enfim.
Concordo com este teu post, totalmente.
Bj

Style disse...

Isso faz-me lembrar a mãe de uma miúda que dizia que as bombas da asma para a filha eram muito caras, qd a senhora fumava. Mais um "pequeno" exemplo da má gestão...

Kiss*

hoje vou casar assim disse...

Style, isso é mesmo gritante!!

Que horror :/

CD disse...

Também concordo com o que disseste.

Eu desde muito pequena que fui habituada a nunca sair de casa sem comer e assim me mantenho.

De vez em quando também me atraso e acabo por comer na empresa, mas durante a semana é mesmo muito raro.

Acabamos por, por vezes, nos dar a esse luxo ao fim de semana quando vamos comprar o pão...

hoje vou casar assim disse...

Eu não critico quem toma sempre o pequeno-almoço fora. Se tiver dinheiro, gere-o como quiser.

O problema é fazerem isso quando não têm dinheiro para outras coisas.

CD disse...

Agora que li o que escreveste "hoje vou casar assim"...

Não disse isso no meu comentário e devia ter dito.

Também não critico e lá está, cada pessoa faz como quer e muito bem entende.

Depois há aquelas pessoas que o fazem só por que fica bem, porque não querem ter trabalho e afinal até nem podem...

L de Leão disse...

Obrigada pelas vossas opiniões :).

Style, também já presenciei umas coisas do género e é mesmo chocante, inacreditável.

hvca, exactamente...só critico por dizerem que o dinheiro não chega e por se privarem de outras coisas que considero bem mais essenciais.

Nokas disse...

Fazem vida de ricos mas passam o tempo a queixarem-se...enfim, é a mentalidade que existe!!

Crises da Idade disse...

Tens toda a razão...as pessoas dizem que não tem dinheiro mas depois só querem é ter luxos, e tomar o pequeno-almoço no café não é uma necessidade...penso eu.

Olhos Dourados disse...

Eu também não entendo. Fica muito mais barato tomar em casa.