quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Irrita-me!

Sabem aquelas pessoas que dizem "se eu te ficar a dever alguma coisa lembra-me, olha que sou mesmo distraída!"?

Eu também me posso esquecer de alguma coisa, mas quando acontece frequentemente começa a ser demais.
Sinceramente, não sou capaz de dizer directamente às pessoas que me estão a dever dinheiro, mas a verdade é que neste momento tenho algumas pessoas a dever e não é assim tão pouco. Não acho normal!

Acho mesmo muita falta de respeito porque são pessoas sem relação próxima comigo e começo a achar que não volto a ter esse dinheiro.

11 comentários:

hoje vou casar assim disse...

E eu sou uma delas :p
Obrigada pela mensagem! LOOOL

Tixa disse...

ui... isso põe-me os nervos em franja... mas eu peço mesmo ... o que é meu é meu!!!!! ;)


*Beijocas

L de Leão disse...

Hvca, ainda bem que chegou a msg!!! Mas acho que não te incluis nas pessoas que não são próximas :p.


Tixa, preciso de ser como tu!!

Anónimo disse...

Se eles não tem vergonha de estarem a dever dinheiro, tu não tens que ter vergonha de pedir o que é teu, não???????????

O tempo em que tinha vergonha de pedir o que me deviam já lá vai, agora peço mesmo, eu quando devo alguma coisa a alguém (raro)não me importo nada que mo peçam.

ML disse...

E não é que há mesmo pessoas assim? Também me irritam e eu também sou daquelas que não consigo "pedir de volta o que é meu". É do caraças!

Olhos Dourados disse...

Também não gosto disso!

Eli disse...

Horrível isso... E quando a pessoa tem a responsabilidade de até ai dia x te pagar e passam-se dias sem o fazer. E quando vem pagar ainda diz quando for assim avisa, cada um deve ter a noção das suas responsabilidades...
Eu paga todos os meses certinha, depois tinha que esperar...

Anónimo disse...

E deixar de emprestar? Pode ser uma opção.;)

L de Leão disse...

Pois, a questão é que não foi empréstimo, é mesmo um pagamento!

Vera disse...

Já tive dissabores por cauda de meprestimos de dinheiro/pagamentos...ainda ontem fiz um post sobre emprestimos, mas de livros.

Relativamente ao dinheiro acho uma falta de respeito quando a pessoa sabe que deve (pode esquecer-se, mas não para sempre...) Já fiquei sem algum...e quando pedi virou-se o feitiço contra o feiticeiro...e a pessoa disse que quem devia era eu...e como tal essa pessoa passou a não existir para mim. Actualmente, se for alguém muito proximo que necessite mesmo...prefiro dar.

Big kiss

Rita G. disse...

Pois...eu vendo produtos da Yves Rocher e às vezes tb tenho de andar a pedir o dinheiro que me ficam a dever...é chato e constrangedor. bj:)